Terça-feira, 4 de Outubro de 2022
Terça-feira, 4 de Outubro de 2022
Publicidade

Oliveirense de 32 anos, a viver em França, foi assassinado com tiro na cabeça em frente à família

O Jornal de Notícias está a revelar que a identidade do português, de 32 anos, assassinado em França com um tiro da cabeça se trata de Tiago Silva, natural de Oliveira de Azeméis.
Foto: Thierry Breton / Sud Ouest
Foto: Thierry Breton / Sud Ouest

Um cidadão português de 32 anos, que residia na cidade de Buzet-sur-Baïse, entre Bordéus e Toulouse, foi morto a tiro na noite de domingo junto à sua casa, estando detidos três suspeitos, um espanhol e dois portugueses, avançou a agência Lusa. Até ao dia de ontem as autoridades francesas ainda não tinham revelado a identidade da vítima, por uma questão de proteção da família, mas hoje o Jornal de Notícias revela que se trata de Tiago Silva, um emigrante de 32 anos, natural de Oliveira de Azeméis, e que este “foi assassinado com um tiro na cabeça, à frente dos dois filhos menores e da mulher grávida, em Buzet-sur-Baïse, no Sul de França, onde vivia há dois anos”.

Publicidade

O homicida, um cidadão espanhol, assim como dois alegados cúmplices portugueses foram detidos pelas autoridades francesas e anteontem colocados em prisão preventiva. Na origem do crime, avança a imprensa, está uma discussão numa festa familiar durante a qual a vítima empurrou o cidadão espanhol.

O Ministério Público referiu à Lusa que os três suspeitos “não estavam na festa”, mas conheciam a vítima. Ainda segundo as autoridades francesas, esta não era uma festividade ligada à comunidade portuguesa.

Ainda segundo a agência Lusa, o homem português terá deixado a festa e acabou por ser morto a tiro no carro à porta da sua casa. Dentro do veículo estavam também a mulher grávida e os seus dois filhos, que não sofreram quaisquer ferimentos.

Tiago Silva era agricultor e estaria instalado nesta pequena cidade na região de Lot-et-Garonne há cerca de dois anos, onde levava uma vida normal com a companheira e os seus dois filhos que frequentam a escola local. Desconhece-se, por enquanto, há quanto tempo viveria em França.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Relacionados

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS