Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Eleições no PSD de Oliveira de Azeméis provoca dança de cadeiras

> Pedro Marques lidera lista única para a Comissão Política social-democrata. João Rebelo Martins concorre à Mesa de Plenário e fez cair candidatura da Lista A.

Pedro Marques é o único candidato à presidência da Comissão Política do PSD de Oliveira de Azeméis para o biénio 2024/2026 nas eleições que se realizam na tarde amanhã, sábado, dia 25 de maio, na sede concelhia dos sociais-democratas. Para a Mesa de Plenário avança João Rebelo Martins, uma candidatura que fez recuar a lista que seria apresentada pela lista A.

Tal como o azeméis.net avançou em primeira-mão, Pedro Marques avança para a liderança do PSD de Oliveira de Azeméis, substituindo Nuno Pires no cargo. Terá como vice-presidente António Campos, membro da bancada do PSD na Assembleia Municipal, e José Rodrigues dos Santos, presidente da Junta de Freguesia de Ossela. A secretária será Carla Freitas, e o cargo de tesoureiro será ocupado por Sérgio Martins. Adélia Teorgas, José Terra, João Costa, diretor de campanha concelhia nas últimas eleições legislativas que elegeu Luís Montenrgo, Isabel Valente e Sérgio Leite, são os vogais.

Publicidade

João Rebelo Martins decidiu apresentar-se como candidato à Mesa de Plenário, e protagoniza a Lista B. Terá ao seu lado António Aguiar, ex-presidente da Junta de Freguesia de Carregosa, e Filipa Santos, presidente da JSD de Oliveira de Azeméis, que cumpre o seu último mandato pelo limite de idade.

O candidato à Mesa de Plenário apresenta-se com propostas consideradas como positivas, apurou o azeméis.net. Propõe-se a realizar mais plenários do que o estatutos prevêem, temáticos e descentralizados, com o objetivo de abrir o partido à comunidade.

Com esta candidatura a Lista A fez recuar a candidatura à Mesa de Plenário. Fonte próxima do PSD de Oliveira de Azeméis revela ao azeméis.net que Pedro Marques tinha proposto que a direção da antiga Comissão Política de Oliveira de Azeméis constituísse a Mesa de Plenário do próximo mandato. Carla Rodrigues seria a presidente, e ao seu lado teria Nuno Pires e Luís Bastos.

Pedro Marques disse por diversas vezes ao azeméis.net que a sua candidatura seria sempre numa perspetiva de união, e terá sido em nome dessa união, aliada à firme vontade demonstrada por João Rebelo Martins, que fez recuar a sua lista candidata à Mesa de Plenário.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Leia também

+ Exclusivos

Os ARTIGOS MAIS VISTOS